As emoções traduzidas para as redes sociais – curta metragem

Unknown

Não se discute o importante papel das redes sociais, seja no âmbito profissional ou pessoal, favorece o reencontro e à aproximação entre as pessoas. Também não podemos negar sua influência nas mudanças de comportamento e nos relacionamentos, uma das características mais importantes é a implantação do isolamento como padrão das relações humanas. No mundo virtual acreditamos ter muitos amigos à nossa volta e de sermos populares. Participamos efetivamente de tudo com nossos amigos e partilhamos as nossas vivências também, momentos estes por vezes ilusórios porque essas conexões são superficiais e instáveis, os contatos se formam e se desfazem com imensa rapidez, atrelados por vezes a interesses momentâneos. São comunicações sem intimidade. Colocar fotos, esperar por curtidas e comentários se tornou algo motivador e acalento para nosso ego, é preciso escolher a foto com cuidado para se tornarem atraentes, caso contrário se tornam invisíveis e excluídas, causando dor e sofrimento. Mostramos nas redes sociais, aquilo que nos faz bem, independentemente de ser verdadeiro ou não, criando um mundo magico onde tudo pode acontecer. Nem sempre o resultado esperado é almejado, neste momento buscamos forças no mundo real para suportar as decepções vividas no mundo virtual. Este texto traz apenas uma pequena reflexão, para esse novo padrão que está se construindo o “isolamento” através das relações virtuais. Representado neste vídeo “What’s on your mind?”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s