Adoção um encontro de amor

Processos de adoção de crianças passam na mão de apenas uma juíza

Adotar uma criança é um processo longo que tem legislação específica. É importante pensar que quando uma criança entra para a adoção alguém já ocupou o lugar de pai e mãe  em seu psiquismo, e que ela possui uma história, uma experiência. Quando nos tornamos pais não sabemos se seremos bons ou não e é assim também no processo de adoção. Porém existem meios de verificar as possibilidades desta nova construção familiar ser bem sucedida.

Pensar sobre esse novo papel e as implicações que surgem a partir desta decisão, se faz necessário. O candidato será submetido a uma avaliação psicossocial, feita por uma equipe técnica. Existem grupos de apoio a pais adotivos, onde podem falar sobre suas dúvidas e seus desejos reais, essa etapa é fundamental neste processo.

Adotar é dar lugar de filho para uma criança, constituir uma família. Esse novo grupo , agora familiar será onde a criança aprenderá coisas importantes para a sua vida. O vínculo afetivo se baseia no amor e na reciprocidade deste amor, existe um tempo para que isso aconteça e este tempo precisa ser respeitado, o desejo de adotar e ser adotado existe para ambos, porém o sentir ser amado e amar requer paciência.

Quando a criança abandona a esperança de ser acolhida novamente pelos pais biológicos a aceitação desta nova família se torna mais tranquila, gerando novas possibilidades de vínculo.

Alguns casos precisam de acompanhamento por profissionais, e aos poucos, dentro da idade de cada criança esse processo vai se construindo.  De forma natural ela vai conhecendo sua história e trajetória. Saber do processo de adoção é um direito assegurado pela Lei Nacional da Adoção e pelo artigo 48 do ECA. Cada indivíduo lidará com isso de uma maneira muito peculiar.

O processo de adoção é uma jornada emocional, cheia de ilusões e desilusões, mas no momento em que é autorizado, começa um novo processo o da criação de vínculo com uma família cheia de amor, esperança e desejos, esse é um ato de amor para com o próximo que exige respeito e muito cuidado.

Adotar é acreditar que a história é mais forte que a hereditariedade, que o amor é mais forte que o destino.

http://www.portaladocao.com.br/a-campanha/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s