Filme: Cyberbully


images-6
Este filme tem como protagonista Emily Osment, atriz e cantora,  representa a personagem Taylor. Tem como enredo a história de uma adolescente que até os 17 anos não tinha liberdade para usar o computador. No dia do  seu aniversário ganha de presente um notebook, sem restrinções de uso e decide fazer um perfil social. Sem saber como usufruir desta liberdade, deixa de lado todos os ensinamentos de sua mãe sobre o uso das redes sociais, adicionando pessoas que não conhecia.

Passou a ser vítima de cyberbullying, e suas amigas se afastaram dela por se sentirem prejudicadas com sua amizade.

Se sente sozinha e fragilizada, num momento de desespero grava um vídeo de despedida e tenta suicídio, sendo socorrida por sua amiga e por sua mãe. Afastada de sua rotina é obrigada a frequentar um grupo de apoio para vítimas de bullying, neste momento percebe que não está sozinha e encontra meios para se defender de seus agressores, mais confiante, consegue se estabilizar emocionalmente e retoma suas atividades. Infelizmente nem sempre o desfecho é positivo, estão crescendo os casos de suicídio por cyberbullying, imagine vivenciar o medo e humilhação a todo instante, a autoestima fica muito prejudicada. Estudos apontam que vítimas de bullying na infância tem maior predisposição a ter depressão quando adultos.

bullyA agressão virtual passou a ser um problema não somente do âmbito escolar. O filme mostra que essas vítimas não podem se calar, que juntas podem mudar leis e comportamentos dos agressores. Uma parte interessante no filme é o grupo de apoio, que mesmo sendo obrigados  a participarem desta intervenção, formam vínculo, o que facilita a tomada de decisão em enfrentar aqueles que sempre os humilharam, o filme é encorajador, para aqueles que passam por essa situação ensina formas de enfrentamento, um filme feito para mostrar o quanto o bullying pode prejudicar, e que as pessoas podem se unir para mudar essa história.

2 Comments

  1. realmente o Cyberbully é um tema muito atual e que preocupa pais e educadores pois os jovens se expõe demais na Internet,nas Redes Sociais! com certeza assistirei esse filme! gostei muito de ter conhecido esse site! vida longa e muito sucesso pra voçês!!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Obrigada Marcos pelo carinho. Sim hoje o mundo virtual é muito atrativo, usamos para fazer muitas coisas boas, mas infelizmente também usamos para fazer coisas ruins, essas coisas ruins traz conseqüências dolorosas. No blog tem um texto que fala deste tema “Quando o sofrimento não tem fim …”

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s