A violência verbal retratada em fotografia – imagens incríveis

No projeto “Weapons of Choice”, o fotógrafo Richard Johnson transforma a dor de um xingamento em cicatriz visível e alerta para o fato de que a violência verbal pode deixar marcas tão ou mais profundas que a física marcadas na pele, como feridas, adultos e crianças mostram que o cérebro pode ser tão suscetível a palavras quanto a pele é à ponta de uma faca.

O objetivo de Richard Johnson, que revela já ter sofrido abuso físico e psicológico quando criança, é fazer com que as pessoas olhem para o bullying e para a violência verbal de uma forma diferente. Segundo ele, a agressão física e a psicológica andam sempre de mãos dadas, mas nem sempre se curam ao mesmo tempo.

Violência psicológica é toda ação ou omissão que causa ou visa causar dano à auto-estima, à identidade ou ao desenvolvimento da pessoa. Inclui: ameaças, humilhações, chantagem, cobranças de comportamento, discriminação, exploração, crítica pelo desempenho sexual, não deixar a pessoa sair de casa, provocando o isolamento de amigos e familiares, ou impedir que ela utilize o seu próprio dinheiro. Dentre as modalidades de violência, é a mais difícil de ser identificada. Apesar de ser bastante freqüente, ela pode levar a pessoa a se sentir desvalorizada, sofrer de ansiedade e adoecer com facilidade, situações que se arrastam durante muito tempo e, se agravadas, podem levar a pessoa a provocar suicídio.

A violência psicológica em crianças e adolescents é pouco diagnosticada, devido a ausência de hematomas visíveis, esse tipo de abuso leva a crianca a sentir-se desprezada ou indesejada, como atitudes de abandono quando a criança é deixada no berço por horas. Ou pais que envolvem o adolescente em seus vicios.
Gritar com a criança todos os dias passa a mensagem de que ela é uma pessoa ruim, e que os pais se arrependeram do seu nascimento.
O abuso psíquico é particularmente danoso se praticado por pessoas com quem a criança mantém vínculo afetivo e em quem confia. “Se este tipo de violência é praticada pelos genitores, outros responsáveis ou ainda aqueles que deveriam ter a função de cuidar e proteger, as consequências são desastrosas para o desenvolvimento tanto físico quanto psíquico da criança ou adolescente, podendo levar a várias formas de déficits e atrasos e até a doenças mentais”,
“Não existe como não haver dano psíquico em situações em que um ser em desenvolvimento, dependente e indefeso, sofre agressões.  Pfeiffer.

Desprezível
PUTA
BICHA
ERRO
ESTUPIDO
VAGABUNDA
PRETO
LIXO
BURRA
GORDA
INUTIL
INUTIL
VADIA
FEDELHO
FEDELHO
FEIO
DEBIL MENTAL
DEBIL MENTAL

fonte: hypeness

4 Comments

  1. Verdade gritante eu posso dizer isto,também da para ver na musculatura do rosto o quanto a pessoa foi agredida e vejo que a nossa sociedade não percebe que a violência verbal geralmente não tem defesas pois não consegue o atingido intender esta agressão!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s