Festas e Baladas X Responsabilidade

Unknown

É possível estabelecer uma relação de confiança, amor, liberdade e reciprocidade com nossos filhos pré adolescentes e adolescentes.  Durante a fase infantil devido as grandes atribulações do dia a dia, a criança pode ter sido ensinada numa base insatisfatória sobre limites.

A chegada da adolescência é marcada por muitas mudanças biopsicossociais,  neste processo de mudanças, ele quer tomar  decisões,  conquistar seu espaço, inserido anteriormente numa família com base de limites insatisfatória, este ensinar sobre limites e regras precisa ser reestabelecido, e isso é possível sendo construída uma relação de reciprocidade.

As regras e limites existentes dentro do sistema familiar, precisa ser estabelecida como conduta que devem estar presente no sistema famíliar,  pais educadores precisam  acreditar nas regras que são estabelecidas com seus filhos, caso, contrário, essas diretrizes serão inconsistentes, causando um certo desconforto na relação familiar.

Pais educadores, possuem obrigações neste processo de ensinar, neste processo de preparar os futuros adultos para conviver em sociedade, uma delas é estabelecer uma certa autonomia, dar estrutura para que ele siga preparado para enfrentar os desafios que vão surgir.

Neste processo é preciso  “delegar” a responsabilidade das atividades que  ele consegue fazer ” sozinho”, desde arrumar seu quarto, amarrar o cadarço dos seus sapatos… e cada dia essa autonomia deve ser ampliada e cobrada a medida que eles vão adquirindo novos saberes.

A liberdade almejada é conquistada aos poucos, a medida que os filhos mostram que sabem usufruir desta liberdade ela pode ser renovada e ampliada.

Essa mesma liberdade adquirida,  pode ser retirada ou estabilizada, quando o comportamento deste adolescente for de risco, para sua saúde, segurança ou outros comportamentos de riscos, esse “recesso” na liberdade serve para que o adolescente possa refletir, e mudar sua postura frente a essas questões.

Os filhos tem o direito a privacidade e os pais tem a obrigação de prepara-los para a sociedade, porem se em algum momento essas regras não são cumpridas, essa privacidade que rege o mundo adolescente, pode ser repensada.

Este vídeo é um convite para pais e filhos compreenderem o importante papel que estas festas fazem para a vida social, e repensarmos sobre algumas questões que ainda não temos um total conhecimento.

Fonte: Wagner, A; Falcke D; A comunicação em famílias com filhos adolescentes, Ed. Psicologia em Estudo. vol.7, Maringá, 2002.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s