Depressão – Conceito e Definição

girl-railway-mood-autumn-depression-800x600

O termo depressão, antigamente era chamado de melancolia, termo usado há mais de 25 séculos. No inicio do século XIX Pinel introduziu o termo melancolia ou delírio considerando uma insanidade mental parcial. Na 6a. edição do tratado Kraepelin que foi modificado o termo para depressão-psicose maníaco depressiva. Atualmente é denominado pela Associação Psiquiátrica Americana no DSM-IV como TRANSTORNO DO HUMOR, que precisa ser identificado e tratado. Esse transtorno não está relacionado ao caráter do indivíduo e é inerente a sua vontade, a gravidade e frequência dos sintomas variam de indivíduo para indivíduo.

Nas próximas duas décadas a depressão afetará mais pessoas que o câncer ou doenças cardíacas, sem considerar que é a maior causa de afastamento no trabalho. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), estima-se que entre 30% e 50% das pessoas já preencheram em algum momento os critérios diagnósticos do transtorno depressivo. Em 2030 estima-se que ela será a doença mais comum do mundo.

A experiência de quem sofre de depressão, não pode ser imaginada por quem não a sentiu, quem é acometido por está doença não se sente compreendido dentro de sua própria dor, amigos e parentes geralmente incentivam para que este indivíduo se fortaleça, para que reaja, e esta pressão auxilia para que a pessoa acumule o sentimento de culpa por estar naquela situação. É normal se sentir triste às vezes, o que não é normal é uma tristeza que te impeça de fazer as coisas, que te impeça de conviver de forma satisfatória na sociedade.

A depressão é mais diagnosticada em mulheres do que em homens, alguns estudos mostram que essa incidência se dá pelo fato das mulheres se expressarem com mais facilidade do que os homens em relação aos seus sentimentos, as mulheres são mais expostas a situações estressantes que resultam em depressão, a diferença hormonal entre homens e mulheres também são fatores que  podem contribuir para a predisposição a depressão.

Homens e mulheres, demonstram os primeiros sinais de depressão de formas diferentes, na mulher o sentimento de tristeza se torna mais visível do que nos homens, neles a depressão de mostra em forma de irritação, raiva, associados a desatenção, em alguns casos é confundido como um quadro de insatisfação e inquietudes, em geral usam o argumento de que “não está produzindo, ando irritado, ao invés de estou triste” sem perceber que é um distúrbio que exige atenção e tratamento.

A postura frente a doença é  diferente em cada individuo.

  • Há quem não perceba totalmente o que está acontecendo. Alguns sentem que estão doentes, mas se recusam a pedir ajuda, outros sabem que estão sofrendo de uma doença física grave, e procuram ajuda. Outros conseguem esconder este Transtorno e enganar parentes e amigos até o momento em que são acometidos inesperadamente por um gesto suicida, como uma espécie de ato de libertação de um sofrimento vivido como incorrigível e sem esperança.

A depressão pode ser apresentada sobre vários aspectos, a mais conhecida é aquela que apresenta apatia a pessoa fica mais lenta mais letárgica, apresenta fala arrastada , mas existe também a depressão em que o indivíduo fica mais agitado, incapaz de ficar sentado ou se concentrar, podem ficar andando de um lado para o outro, podem também puxar cabelos ou ficar estralando os dedos e mãos, embora apresente essa agitação sua aparência é de tristeza, esses sintomas se equiparam a ansiedade o que dificulta no diagnóstico.

            Alguns sintomas mais comuns são:

Sintomas de humor

O indivíduo se apresenta de forma triste, melancólica, sem esperança, ela se sente rejeitado, isolado e não amado.

Sintomas cognitivos

O indivíduo deprimido possui autoestima baixa, pensa ser inferior e inadequado, se sente culpado por seus fracassos.

O pessimismo também se faz presente, acredita que jamais será capaz de resolver seus problemas e que a tendência será de piora. É reduzido de motivação, uma vez que  acredita que não pode atingir o objetivo proposto, não encontra um motivo para tentar, para persistir.

Caso o indivíduo não busque ajuda para superar os seus problemas, existe uma grande possibilidade de não conseguir executar suas tarefas, fazendo com que seu nível de depressão aumente.

O indivíduo deprimido tem a tendência a exagerar na seriedade de seus problemas, tornando-se excessivamente pessimista, e em casos mais extremos pode desenvolver um delírio, ou seja ele pode desenvolver crenças errôneas a seu respeito e das pessoas que estão ao seu lado.

O processo cognitivo da pessoa deprimida é mais lento, precisa de energia mental para raciocinar mais rapidamente e trabalhar nas questões que podem auxiliar sua melhora, sua velocidade de processamento também é mais lenta.

Sintomas motores

Geralmente sua postura é mais curvada e seu olhar mais parado sem expressão, ficar na cama é o lugar onde se sente mais confortável, é como se estivesse carregando um peso muito maior do que o próprio corpo, está lentidão também afeta a fala, costuma não se expressar verbalmente e quando o fazem é num tom mais baixo do que o normal, ou interrompe sua fala no meio por falta de energia para continuar.

Sintoma Fisiológicos

SONO; Não existe um padrão no sono, existe uma dificuldade em controlar o sono então despertam muito cedo de madrugada por volta das 2hs, e sentem dificuldade para voltar a dormir. O sono também pode ser alterado dentro do horário para dormir quando se dorme mais cedo do que o normal denomina-se hipersônia.

ALIMENTAÇÃO; A alimentação também fica perturbada, o alimento por vezes perde o sabor e sua vontade de se alimentar diminui. Para outros indivíduos deprimidos comer é a única fonte de prazer, comer se torna a única atividade prazerosa do dia.

PERDA DA LIBIDO; Outro sintoma seria o impulso sexual reduzido. Algumas pessoas não conseguem buscar por ajuda e assistem aos seus relacionamentos pessoais se deteriorarem, criando desculpas para si e pensando que não são boas pessoas.

Percepção do tempo

Todas as nossas experiências são marcada pelo tempo, é ele que nos conduz diante da vida, nossa percepção do tempo pode ser diferente do tempo Real marcado pelo relógio, o tempo interior é marcado por nossas emoções nosso estado interior, como estamos emocionalmente naquele momento.

Pessoas depressivas tem a percepção do tempo mais lenta, uma hora pode ser longa demais, ou seja as nossas emoções interferem subjetivamente na nossa percepção do tempo.

Depressão exógena e depressão endógena

Depressão exógena, sua origem está relacionada aos fatores externos, é o indivíduo reagindo a determinados eventos, como por exemplo resultado de conflitos , estresse, perda de emprego…etc.

Depressão endógena sua origem está relacionada aos fatores internos, como por exemplo baixo nível de determinados neurotransmissores, como a dopamina, noradrenalina e serotonina, que são hormônios que regulam a emoção. Segundo Correa (1995), existe uma base genética que pode ter origem nos parentes de primeiro e segundo grau, em geral afetados por depressão unipolar ou bipolar. O que se sabe sobre a depressão endógena é que ela não possui causa psicológica identificável, para esses casos recomenda-se apenas o tratamento medicamentoso.

Escrito por:  Rosana Angelo Ribeiro – Psicóloga Clínica

FONTE:
Holmes, D.S. Psicologia dos transtornos mentais, 2a.ed., Artmed,1997.568p.
Tavares, L.A.T. A depressão como mal-estar contemporâneo: medicalização e sistêmica do sujeito depressivo, 1a.ed. Editora Unesp, 2010. 176p.
Porto, J.A.D. Conceito e diagnóstico, Revista Brasileira de Psiquiatria. Vol.21, São Paulo, 1999
Furlan, A.C. Depressão, Arquivo Mundi, Maringá-PR. 2006, 31p.

 

1 Comment

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s